Início » Cobertura vacinal contra a pólio cresce no Brasil

Cobertura vacinal contra a pólio cresce no Brasil

Segundo a Unicef, número de crianças não vacinadas diminuiu no ano passado

por Daiane Giesen
94 visualizações

Dados de 2023 do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) apontam que, em comparação aos números de 2022, houve uma redução de mais de 90 mil no número que indica quantas crianças estavam sem a primeira dose da vacina que protege contra a poliomielite, também conhecida como paralisia infantil. 

O Brasil vivencia uma queda nas coberturas vacinais dos principais imunizantes do calendário infantil desde 2015, quadro esse agravado pela pandemia de Covid-19. No Brasil, a partir deste ano, a vacina oral contra a pólio está sendo gradativamente substituída pela versão inativada e injetável do imunizante. A forma injetável é aplicada aos 2, 4 e 6 meses de vida, conforme o Calendário Nacional de Vacinação. 

Publicações Relacionadas

Receba nosso Informativo

Informação de Contato
656415
© 2023 - Grupo Ceres de Comunicação - Todos os direitos reservados. | Política de Privacidade