Início » DEPARTAMENTO DE MEIO AMBIENTE E SECRETARIA DE OBRAS AGEM PARA ELIMINAÇÃO DE PONTO DE DESCARTE IRREGULAR DE LIXO

DEPARTAMENTO DE MEIO AMBIENTE E SECRETARIA DE OBRAS AGEM PARA ELIMINAÇÃO DE PONTO DE DESCARTE IRREGULAR DE LIXO

por Grupo Ceres
45 visualizações

foto01   foto02

Na terça-feira (19) o Departamento de Meio Ambiente com auxilio da Secretaria de Obras e Saneamento, realizou a eliminação com a destinação final adequada de resíduos contidos em um grande ponto de acumulação irregular de lixo localizado nas proximidades do Bairro Vila Nova. O que chama a atenção da equipe do Departamento de Meio Ambiente é que a maioria dos materiais que estavam depositados naquele local possuem uma alternativa viável para a destinação, sem custos e que não venha a ocasionar poluição ambiental e visual.
Portanto, a manutenção da cidade limpa e organizada não depende apenas da Administração Municipal, mas sim da colaboração da comunidade que precisa fazer sua parte. Para tanto, informamos qual o procedimento correto para destinação de alguns dos materiais que não são recolhidos pelo serviço de coleta municipal do lixo, como:
Sofás: podem ser descaracterizados (desmanchados), a espuma e o tecido acondicionados em sacolas plásticas que serão recolhidas pelo caminhão do lixo. A madeira pode ser cortada e utitizada em fogão à lenha ou churrasqueira.
MDF e compensado: Contratar empresa especializada para coleta e destinação final adequada.
Sucatas de metal, ferro, alumínio, zinco etc: podem ser encaminhadas para reciclagem, pois possuem valor econômico.
Embalagens de vidro: podem ser encaminhadas para reciclagem sem custos.
Colchões: podem ser descaracterizados e ensacados para recolhimento pelo caminhão do lixo ou entregues para empresa especializada.
Lixo eletroeletrônico: guardar em casa até a realização da campanha de coleta e destinação, realizada pela Prefeitura sem custos.
Latas de tinta, solventes e afins: após vazias podem ser encaminhadas para reciclagem por serem constituídas de metal.
Embalagens de óleo e lubrificantes; embalagens de agrotóxicos; lâmpadas fluorescentes; pilhas e baterias: entregar no local de compra ou a uma empresa especializada no recebimento desses resíduos.
Pneus: as empresas que vendem devem receber o produto após o uso e enviar para empresa especializada.
Óleo de cozinha: entregar em ponto de coleta (Mercado da Cotrijal, EMEF Santo Antônio, EMEF Waldomiro Graciano e CORSAN).

Materiais de construção inertes e restos de árvores: até 1 metro cúbico a prefeitura recolhe conforme o cronograma de coleta. Acima dessa quantidade deverá ser contratada empresa especializada para o recolhimento e destinação.
*Demais materiais não citados acima, em caso de dúvida consultar o setor de Meio Ambiente sobre a forma de destinação.
Após a eliminação deste ponto, o mesmo passará a ser monitorado, sendo que as pessoas que forem vistas depositando lixo nesse local serão multadas conforme a Lei dos Crimes Ambientais (9605/98). Caso houverem dúvidas ou denúncias, o cidadão poderá ligar ao Departamento de Meio Ambiente pelo fone 3332-3177.

Fonte: Assessoria de Comunicação Prefeitura Municipal de Não-Me-Toque/RS.

Publicações Relacionadas

Receba nosso Informativo

Informação de Contato
656415
© 2023 - Grupo Ceres de Comunicação - Todos os direitos reservados. | Política de Privacidade