Início » Hantavírus: O que é, como se adquire e qual o seu tratamento

Hantavírus: O que é, como se adquire e qual o seu tratamento

por Grupo Ceres
41 visualizações

Doença infecciosa grave causada por vários tipos de vírus, existindo mais de vinte tipos pelo mundo. Nas Américas, até o momento só foi diagnosticada a SPH.

As hantaviroses são zoonoses virais agudas transmitidas por roedores que podem ter duas formas clínicas, são elas: Síndrome Cardiopulmonar por Hantavírus (SCPH), encontrada apenas nas Américas, e Febre Hemorrágica com Síndrome Renal (FHSR), típica da Europa e Ásia.

A hantavirose foi detectada pela primeira vez na década de 50, durante a Guerra da Coreia, sendo denominada de febre hemorrágica com síndrome renal. Já os primeiros casos de SCPH ocorreram nos Estados Unidos em maio de 1993 e em novembro do mesmo ano foi registrado o primeiro caso no Brasil.

Causas

As hantaviroses são causadas por vírus RNA pertencentes à família Bunyaviridae, gênero Hantavirus. Esses vírus tem como hospedeiros roedores silvestres que eliminam o vírus pela urina, saliva e fezes. Aparentemente o ser humano é a única espécie a adoecer com este vírus, sendo infectado principalmente por meio da inalação de aerossóis formados a partir de secreções e excretas dos roedores.

 

Higiene na cozinha: evite contaminações com nove cuidados

Outras formas mais raras de transmissão são a ingestão de água e alimentos contaminados; a forma percutânea, por meio de escoriações cutâneas ou mordidas de roedores; contato do vírus com as mucosas, como a conjuntiva, ou da boca ou do nariz, por meio de mãos contaminadas com excretas dos roedores; em indivíduos que trabalham ou visitam laboratórios e biotérios contaminados. A transmissão de hantavirose pessoa a pessoa, apesar de muito rara, já foi descrita na Argentina. A versão norte-americana do vírus não passa de pessoa para pessoa. Isto ocorre somente com o vírus da América do Sul.

 

Fatores de risco

Ambientes que favorecem a presença de roedores aumentam o risco de hantavirose. Por isso, locais onde há entulho, os alimentos não são bem estocados, o lixo está próximo da moradia, entre outras medidas que favoreçam a presença dos roedores, há maior risco desta doença.

 

 

 

 

 

 

 

Sintomas de Hantavirose

Na febre hemorrágica com síndrome renal (FHSR) os sintomas são:

  • Febre
  • Rubor facial
  • Mialgias
  • Cefaleia
  • Dor lombar
  • Dor abdominal
  • Sintomas gastrointestinais
  • Náuseas
  • Vômitos
  • Petéquias
  • Hemorragia conjuntival
  • Hipotensão
  • Taquicardia
  • Oligúria
  • Hemorragias severas.

 

Os sintomas da síndrome cardiopulmonar por hantavírus são:

  • Febre
  • Mialgias
  • Dor lombar
  • Dor abdominal
  • Dor de cabeça
  • Dispneia
  • Taquipneia
  • Taquicardia
  • Tosse seca
  • Hipotensão
  • Edema pulmonar não cardiogênico.

 

Buscando ajuda médica

Se você já esteve em torno de roedores ou fezes de roedores e têm sintomas de febre, calafrios, dores musculares ou quaisquer dificuldades respiratórias procure atendimento médico imediato.

 

Prevenção

A prevenção das hantaviroses consistem em medidas para impedir o contato do homem com os roedores e seus excrementos. Algumas dessas medidas são:

  • Dar destino adequado ao entulho
  • Bloquear o acesso. Ratos podem passar por aberturas muito pequenas, de 6 milímetros de largura, por isso, feche os furos com tela de arame, metal ou cimento
  • Deixar os locais que armazenam alimentos bem fechados
  • Não deixar muita louça acumulada
  • Usar tampas de lata de lixo apertadas
  • Molhar roedores mortos ou locais onde eles estiveram com álcool, desinfetantes domésticos ou água sanitária. Depois que molhar tudo, utilize uma toalha doméstica para pegar o material contaminado e em seguida esfregue a área ou esponja com desinfetante.

 

Assessoria de Comunicação Prefeitura Municipal de Não-Me-Toque/RS.

 

Publicações Relacionadas

Receba nosso Informativo

Informação de Contato
656415
© 2023 - Grupo Ceres de Comunicação - Todos os direitos reservados. | Política de Privacidade