Início » EVENTO DISCUTE NOVAS TECNOLOGIAS E O FUTURO DO AGRO

EVENTO DISCUTE NOVAS TECNOLOGIAS E O FUTURO DO AGRO

por Grupo Ceres
47 visualizações

O futuro do Agro no Brasil, novidades em produtos e tecnologias para facilitar o dia a dia de organizações ligadas ao setor, foram apresentadas nesta quarta-feira (17), durante evento promovido pela Senior Sistemas, empresa de tecnologia de Blumenau (SC), em Não-Me-Toque (RS). O encontro, em parceria com a Cotrijal, na Associação dos Funcionários da Cotrijal (AFC), reuniu representantes de cooperativas e de empresas da região. A direção da Cotrijal prestigiou a iniciativa.

Em sua palestra, o professor da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo/Campus Ribeirão Preto (SP), Marcos Fava Neves – um dos principais especialistas em agronegócio do país – apontou caminhos que os gestores do Agro podem seguir em meio a oportunidades e obstáculos da economia nacional e mundial.

“A grande oportunidade para a sociedade brasileira é pelo agronegócio. O Brasil vai produzir e vender muito mais grãos do que atualmente, mas o preço tende a ficar em um patamar menor do que o último ano. Se ficarmos mais competitivos e conseguirmos ter lucro ao preço atual, com custos menores e com o uso de novas tecnologias, teremos um espaço muito promissor pela frente”, pontuou. Atualmente o Brasil é um dos maiores produtores de alimentos do mundo. Em 2016 produziu mais de 30% da soja do planeta e exportou U$$ 20 bilhões do produto.

De acordo com Fava Neves, a era de mudança com o advento da tecnologia vem transformando a visão nos modelos de negócios e ela não demora a chegar no agronegócio.  “O Agro no Brasil e no mundo vai ser medido por metro quadrado e não mais por hectare. Não tem como fazer isso sem introduzir tecnologia na gestão”, observou.

Segundo ele, a tendência é que a nova agricultura seja mais contratual, com atividades integradas e sem espaço para ativos ineficientes. “Até 2027 teremos a agricultura de contrato, a chamada ‘agricultura do Uber’. Hoje ter ativos que não são usados a exaustão significa perder dinheiro”, afirmou.

Para o especialista, o sistema cooperativista é o modelo mais adequado para superar desafios na agricultura. “O produtor precisa pensar cada vez mais em ações coletivas. E o modelo cooperativista constrói escala e traz eficiência ao negócio”, ressaltou.

Ao concluir, Fava Neves, elencou pontos que considera chaves para um crescimento ainda maior do setor no país: “É preciso ter excelência, fazer melhor com ganhos continuados de produtividade, buscar por inovação e fazer algo que os outros não estão fazendo”.

O superintendente Administrativo-Financeiro da Cotrijal, Marcelo Ivan Schwalbert, reconheceu a importância da parceria com a empresa de tecnologia e do evento que deu ênfase para novas ferramentas para o setor desenvolver ainda mais o potencial da agricultura. “A Cotrijal está sempre atenta às inovações e oportunidades que podem surgir com empresas parceiras. O evento serviu para atualizar e reciclar informações na área de tecnologia”, destacou.

A palestra com o especialista atraiu ainda a participação de superintendentes, gerentes e demais colaboradores ligados às áreas Comercial, Produção Vegetal e de Tecnologia de Informação (TI) da cooperativa.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Cotrijal

4558_1 4558

Publicações Relacionadas

Receba nosso Informativo

Informação de Contato
656415
© 2023 - Grupo Ceres de Comunicação - Todos os direitos reservados. | Política de Privacidade